quarta-feira, 11 de junho de 2014

Ubuntu com mais de 4 gigas e é 32bits, e agora?

Você tem 4GB ou mais de memória RAM e usa uma versão 32 bits do Ubuntu? Então provavelmente o seu SO está usando apenas 3GB da sua memória que é a limitação para esse tipo de arquitetura.

O que devo fazer?

O ideal é instalar uma versão 64 bits do Ubuntu pois assim você obtém, além desse, todos os outros benefícios da arquitetura 64. Porém você pode não ter um processador 64 bits ou uma formatação para a instalação de uma versão 64 bits do Ubuntu não é possível/desejável. Nesse caso, a solução é instalar um kernel com suporte a PAE.

Mas o que significa PAE?

Physical Address Extension é um recurso que permite processadores baseados na arquitetura x86 (32 bits) acessar um espaço de endereçamento físico maior que 4GB (até 64GB!!) através da adição de 4 bits de endereçamento da memória.

Como habilitar o suporte a PAE no Ubuntu?

Primeiramente você deve se certificar que seu processador possui este recurso. Atualmente, a maioria dos processadores oferecem suporte a PAE, mas para confirmar isso, a forma que atualmente utilizo é através da linha de comando (se alguém souber como fazer isso graficamente e quiser compartilhar…). Acesse o terminal e digite o comando abaixo:

cat /proc/cpuinfo | grep -i pae

Se o retorno for algo parecido com as linhas abaixo, o seu processador oferece suporte. Caso não apareça nada, então infelizmente você não poderá utilizar PAE.

flags : fpu vme de pse tsc msr pae mce cx8 apic sep mtrr pge mca cmov pat pse36 clflush dts acpi mmx fxsr sse sse2 ss ht tm pbe nx lm constant_tsc arch_perfmon pebs bts aperfmperf pni dtes64 monitor ds_cpl vmx est tm2 ssse3 cx16 xtpr pdcm sse4_1 xsave lahf_lm ida dts tpr_shadow vnmi flexpriority

Instalação do Kernel PAE

Uma vez confirmado que seu processador da suporte a PAE, basta instalar os dois pacotes abaixo usando apt-get ou pelo Synaptic:

linux-generic-pae
linux-headers-generic-pae

Agora é só reiniciar e aproveitar seus gigas a mais do que os meros 3 anteriores.

Antes do kernel com suporte a PAE


Depois do kernel com suporte a PAE



Todos os direitos da publicação ao site: ubuntudicas.com.br, não deixe de visitar.

0 Comente::